quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Manifesto Público da Colônia Brasileira em Honduras


Acabo de receber de um correspondente em Honduras, este manifesto abaixo - em espanhol e português - escrito pela colônia brasileira residente naquele país. Como nós, eles também repudiam a intervenção absolutamente irresponsável e ilegal do Brasil na situação interna de Honduras, quando ofereceram sua Embaixada para abrigar um fugitivo da Lei.

Mais tarde haverá outra atualização do Notalatina, com notícias sobre Honduras e informações bastante reveladoras da atuação do Eixo do Mal Latino-América Latina, comandados desde o Foro de São Paulo.

Peço àqueles que concordarem com o Manifesto que divulguem amplamente por suas listas de contato e que façam chegar ao Itamaraty e à Embaixada do Brasil em Honduras.

Que Deus nos proteja a todos e até mais tare!

Comentários: G. Salgueiro



Manifiesto Publico

Nosotros brasileños(as) que constituimos junto a nuestras familias residentes la colonia brasileña de San Pedro Sula, Honduras a la comunidad nacional e internacional hacemos saber:

1) Que lamentamos y nos avergüenza profundamente la actitud de nuestro ministro de relaciones exteriores Celso Amorim, al permitir la presencia del señor Manuel Zelaya en la sede de la embajada de Brasil en Tegucigalpa.


2) Que repudiamos enfáticamente las acciones unilaterales del Itamarati que han marcado un retroceso en las relaciones diplomáticas entre Brasil y este digno pueblo y actual gobierno hondureño.


3) Que lamentamos todas las acciones no diplomáticas que están provocando, no solamente que Brasil quede impedido de cumplir su liderazgo a la resolución pacífica del conflicto interno hondureño, sino que también pone en directo peligro a la representación diplomática , a nosotros residentes brasileños en Honduras, a empleados de la embajada, a los vecinos de la sede diplomática y a los ciudadanos de otras nacionalidades al asistir a gestionar trámites ordinarios en nuestra embajada debido a que tienen un escudo humano armado en torno de la figura del Sr. Zelaya quien infelizmente fue “hospedado” por el Itamarati en nuestra embajada en Tegucigalpa.


4) Que repudiamos enfáticamente este apoyo del gobierno brasileño a la agenda chavista en contra de este humilde pueblo que nos ha abierto las puertas para hacer buenos negocios en un clima que hasta ayer era de paz, donde conseguimos ver crecer nuestros hijos en convivencia digna y fraternal con los hondureños.


5) Que hacemos directamente responsable al gobierno brasileño por cualquier consecuencia negativa, represalia o atentados a nuestras vidas, empresas, residencias y propiedades que puedan eventualmente ocurrir como resultado de este abuso de poder sin precedentes en la política exterior de Brasil.


6) Que exhortamos a que se tomen las medidas correctivas necesarias lo más brevemente posible para que el Sr. Zelaya no siga usando nuestra sede Diplomática para actos de sedición y provocando a la insurgencia.


7) Que finalmente exhortamos al gobierno de Brasil a que respete y se apegue a los más elementales principios de neutralidad, no injerencia y cooperación para la resolución de los conflictos internos de esta noble Nación Hondureña que sólo quiere desarrollarse en Paz, Orden y Progreso.

Manifesto Público

Nós, brasileiros (as) que formamos com os nossos familiares residentes a colônia brasileira de San Pedro Sula, Honduras, à comunidade nacional e internacional, fazemos saber:

1) Que lamentamos e nos envergonhamos profundamente pela atitude do nosso ministro das Relações Exteriores Celso Amorim, ao permitir a presença do Sr. Manuel Zelaya, na sede da Embaixada do Brasil em Tegucigalpa.
2) Que rejeitamos enfaticamente todas as ações unilaterais do Itamarati que marcaram um retrocesso nas relações diplomáticas entre o Brasil e o digno povo e atual governo de Honduras.


3) Protestamos veementemente por todas as ações não diplomáticas que estão causando, não só que o Brasil seja impedido de cumprir a sua liderança para a resolução pacífica do conflito interno em Honduras, mas também coloca em risco a representação diplomática direta, a nós brasileiros residentes em Honduras, aos funcionários da embaixada, aos vizinhos da embaixada e aos cidadãos de outros países que realizam procedimentos comuns na nossa embaixada, porque eles armaram um escudo humano em torno da figura do Sr. Zelaya, que infelizmente foi "hospedado” pelo Itamarati em nossa Embaixada em Tegucigalpa.


4) Que repudiamos veementemente o apoio do governo brasileiro à agenda de Chávez contra este pais humilde, que nos abriu as suas portas para fazer bons negócios em um clima que até ontem era de paz, onde vemos os nossos filhos crescer com dignidade e em fraterna convivência com os hondurenhos.
5) Que fazemos diretamente responsável ao governo brasileiro pelas eventuais consequências negativas, pelas represálias ou ataques em nossas vidas, empresas, residências e propriedades que possam acontecer como resultado desse abuso de poder sem precedentes na política externa do Brasil.


6) Exigimos que tomem medidas corretivas o mais breve possível para o Sr. Zelaya não continuar usando nossa embaixada para atos de sedição e chamando à insurgência.


7) Que finalmente pedimos ao governo do Brasil que respeite e se apegue aos mais elementares princípios da neutralidade, não injerência e de cooperação para a resolução de conflitos internos desta nobre Honduras, nação que só quer se desenvolver em Paz, Ordem e Progresso.


Pon tu Nombre:


Cristina Aguiar Moraes de Castillo
Rigoberto Castillo Rodríguez
Aline Castillo Aguiar
Aliane Castillo Aguiar
Graça Salgueiro


Si están de acuerdo reenvíenlo a sus familiares, amigos, conocidos y a la embajada de Brasil con la siguiente dirección: embajada@brasilhonduras.org



Um comentário:

Jurema Cappelletti disse...

Agora podemos participar em conjunto de um mesmo espaço, para troca de idéias, exposição de textos, fotos e vídeos.

Mas não é um espaço qualquer, porque tem um objetivo definido: uma ação conjunta para BRIGAR CONTRA ESSA CORRUPÇÃO ASQUEROSA E INSUPORTÁVEL.

Se visitar o blog
http://bravagentebrasileira.ning.com/ vai perceber o início de uma reação.

Sozinhos sempre vamos reclamar sem conseguir coisa alguma, mas juntos teremos força. Precisamos de muita gente e muitas idéias. É só se cadastrar e participar ou, pelo menos, divulgar.

Contamos com você, Ju

E conte comigo para divulgar a manifestação dos brasileiros.